Conselho de Educação Física percorre 8 cidades do RN e interdita 5 academias

No período de 25 e 27 de setembro a equipe do Departamento de Orientação e Fiscalização (DOF) do Conselho Regional de Educação Física da 16° Região (CREF16/RN) percorreu 8 cidades do estado e interditou 5 academias. A ação ocorreu para atender denúncias advindas da sociedade potiguar acerca de irregularidades em estabelecimentos de atividades físicas, como também Profissionais, estudantes e pessoas físicas.

Na cidade de Santa Maria o objetivo era identificar quem ministra aulas de Treinamento Funcional  numa  praça pública, porém não foi localizada pelo DOF. Já na cidade de  Riachuelo foi interditada a Academia Agitos por falta de registro após vencido o prazo de determinação judicial e uma outra foi detectada. Na cidade de Angicos as academias registradas Olímpio e Vip foram interditadas por pendências administrativas. Ainda foi localizada a academia Top Fitness, atendendo ao público sem registro; uma pessoa em  atendimento como Profissional, sem formação foi notificada. Todos os  casos receberam orientações e/ou autuações e serão encaminhados para os  procedimentos legais.

Um dos casos mais graves foi identificado em Itajá, cidade próxima a  Assú, onde quatro academias foram detectadas sem registro e sem a presença de  Profissionais de Educação Física.  Todos foram orientadas  a suspender suas atividades imediatamente e concedido um prazo de 15 dias para se regularizarem.

Em Governador Dix-Sept Rosado detectou-se  a existência de três academias também sem  registro, e adotado o mesmo procedimento, ou seja suspender as atividades até a regularização. Uma pessoa física exercendo  ilegalmente a profissão foi autuada e fiscalizado um Profissional de Educação  Física que encontrava-se dentro da legalidade.

Das quatro academias existentes na cidade de Baraúna, duas foram interditadas, sendo uma por está com a documentação irregular por mais de um ano e a outra sem registro. Uma deixou de ser fiscalizado por está fechada e a quarta foi  autuada por falta de Profissional durante o funcionamento. A fiscalização esteve em Grossos e identificou duas academias sem registro  e uma outra registrada porem, com irregularidades. Todos foram orientadas aos devidos procedimentos legais. Já na cidade de Tibau a única academia existente e que é  registrada estava fechada naquele momento.

Mossoró

A cidade de Mossoró foi alvo de maior atenção devida as inúmeras denúncias. Os agentes detectaram uma academia sem registro no bairro  Nova Mossoró e que já se encontra em fase de registro; duas pessoas físicas  atuando como Profissional de Educação Física  declarando que  são estudantes contudo sem comprovação acadêmica; quatro  academias  registadas,  porem com algumas irregularidades; cinco  academias regulares; duas estavam fechadas no momento da visita e ainda doze Profissionais de Educação Física  fiscalizados dentro da legalidade. O Departamento também esteve em uma audiência na 10ª Vara da Justiça Federal acompanhado do Assessor Jurídico do CREF16/RN Gustavo Lima Neto.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.